ENTER YOUR EMAIL ADDRESS
TO JOIN OUR NEWSLETTER

DON'T WORRY. NO SPAM COMES FROM
UNICORN BOOTY. JUST THE GOOD STUFF.

10 Motivos Pelos Quais Você Deveria Ajudar Na Luta Contra a Bifobia Sendo Gay

Posted on

This post is also available in: Inglês

Se você é gay ou lésbica e já se esforça pelo fim da bifobia, então obrigado! Você pode querer continuar lendo de qualquer maneira, porque pode te ajudar a convencer outras pessoas gays do porque eles deveriam ajudar também. Se você é gay ou lésbica e acha que a bifobia não é real, então leia isso. Se você ainda não sabe porque deveria se importar com a bifobia, por favor continue lendo. A comunidade bissexual precisa da sua ajuda, e aqui estão 10 motivos porque você deveria tomar uma iniciativa.

1) Porque você sabe como é ser odiado pela sua orientação sexual.

A homofobia é quase que com certeza algo que você vivenciou em sua vida, talvez várias vezes. Não era legal, certo? Na verdade, foi completamente horrível. De fato, em alguns dias, ou semanas, ou meses, ou anos te deixou deprimido ou com raiva ou apenas sofrendo. Alguém já te defendeu? Não? Como você se sentiu com isso? Sim? Como você se sentiu com isso?

2) Porque você é uma pessoa boa.

Você se importa com os outros, com o mundo e com justiça. Você vota e/ou não joga lixo no chão. Talvez você até mesmo leve gatos de rua para casa. Talvez você seja voluntário em algum lugar, ou doe dinheiro para causas. Você fica chateado quando você ouve falar sobre sofrimento pelo mundo. Pode te surpreender, mas de todas as orientações sexuais, os bissexuais tem os maiores índices (sim, maior do que gays e lésbicas) de estresse pós-traumático, depressão, transtornos de ansiedade, falta de moradia, pobreza, transtornos alimentares, abuso de substâncias, etc, etc.

3) Porque o que machuca uma parte da comunidade LGBT machuca as outras partes.

Você pode não gostar de estarmos todos agrupados. Você pode achar que bissexuais deveriam aceitar que eles são ignorados por organizações, eventos e pela mídia supostamente “LGBT”, e se separar e lidar com seus problemas. Mas eis o que você não está considerando, não importa como você se sinta em relação aos bissexuais, a maioria das organizações “gays” na verdade usam a sigla LGBT, e/ou dizem representar o B e o T assim como o L e o G. Então, não importa o que alguns gays pensam, e até mesmo alguns bissexuais, nós todos já estamos agrupados.

Se você quer que as pessoas em geral respeitem os gays e as lésbicas, então você vai ter que ajuda-los a respeitar os bissexuais, e as pessoas trans também, porque de acordo com a visão dos héteros, se uma parte do grupo LGBT é visto como todos os tipos de coisas ruins, desagradáveis e horríveis, então os gays também são por associação. É tarde demais para tentar se distanciar.

4) Porque como você realmente se sente quando você não combate a bifobia?

Ficar sentado assistindo alguém sendo ruim com outra pessoa ou com um grupo de pessoas é bem nojento, sujo e grosseiro. Apenas é, você sabe que sim, você sentiu, e você não gosta disso. Não é legal testemunhar bullying, e ainda pior quando você percebe que você poderia ter ajudado mas não ajudou.

5) Porque a interseccionalidade não pode ser ignorada

A luta pelos direitos gays, no final das contas, se trata da luta por direitos humanos. Assim como Martin Luther King Junior disse, “Não é possível ser a favor da justiça para algumas pessoas e não ser a favor da justiça para todas as pessoas.”

6) Porque, quase que com certeza, alguém que você conhece é bissexual

Se você não sabe de ninguém, provavelmente seja porque eles se sintam inseguros em se assumir para você, não acharam que você fosse apoiar.

7) Porque apesar da tendência a melhorar para os gays, nem sempre melhora para os bissexuais

Bissexuais tem um índice mais elevado de pensamentos suicidas do que os gays ou héteros, no entanto, ao contrário de homens gays e heterossexuais, os pensamentos suicidas não diminuem quando os homens bissexuais saem da adolescência. Sim, a bifobia é um problema sério e você pode até estar salvando uma vida ao ajudar a combatê-la.

8) Porque a bifobia afetou negativamente a sua visão sobre as pessoas bis também

Porque coisas negativas que você possa ter vindo a acreditar sobre os bissexuais  são provavelmente baseadas na bifobia excessiva e desenfreada repleta de mitos ignorantes e estereótipos incorretos perigosos, ou exemplos de indivíduos, com mau comportamento, bissexuais que não representam uma população inteira assim como o Jeffery Dahmer não representa a população gay.

9) Porque as pessoas bis lutaram pelos direitos gays também

Os bissexuais lutaram pelos direitos gays por décadas, estiveram na linha de frente de muitas causas gays, muitas vezes em detrimento de ser verdadeiro à sua própria identidade sexual, e negligenciando questões especificas que envolvem as pessoas bis.

10) Porque no final das contas, os bissexuais tem mais coisas em comum com você do que você imagina…

… e ao nos apoiar contra a bifobia é provável que se abra um mundo de possibilidades com novas amizades, contatos e experiências. Se você está pronto para ajudar a combater a bifobia (EBA!!), aqui estão algumas sugestões do que você pode fazer. (imagem em destaque via Oscar DelaCruz)