5 Episódios Imperdíveis De ‘Steven Universo’ – O Desenho De TV Mais Progressista Da História

This post is also available in: Inglês

steven universe, crystal gems, rebecca sugar, cartoon network
Steven Universe and the Crystal Gems

Todo dia da semana, o Cartoon Network passa um novo episódio de Steven Universo.  “Mas eu sou um adulto,” eu escuto você dizer, “por que eu me importaria com o que tá passando nesse canal de desenho?” E para começar, você é um idiota que não considera animação como forma de arte e em segundo lugar, você não é legal, descolado e por dentro.  EVIDÊNCIA: Hora de Aventura também passa no Cartoon Network, e basicamente todo mundo já assiste porque é progressista, engraçado e maravilhoso.

Agora que você foi devidamente castigado pelas suas visões de mundo incorretas, está na hora de um curso intensivo em Steven Universo, quem faz parte dele, e os cinco melhores episódios para começar.

Para começar, Steven Universo é o primeiro programa criado por uma mulher do Cartoon Network, criado pela notável Rebecca Sugar.  Sugar também é conhecida por escrever muitas das melhores músicas em Hora de Aventura (“Daddy, Why Did You Eat My Fries”, “I’m Just Your Problem/My Best Friends In The World”, “Remember You” e o clássico “Bacon Pancakes”). Ela também escreveu muitos dos melhores episódios de Hora de Aventura também (basicamente qualquer episódio de onde saíram essas músicas).

Steven Universo também é bem moderno quando trata das mais diversas questões sociais.  Nos bastidores, três das quatro protagonistas da série são dubladas  por mulheres de minorias raciais (uma delas é a Estelle.  Você sabe, a cantora-compositora, rapper,  ganhadora do Grammy, atriz, produtora Estelle).  A equipe é super diversificada também, e a maioria das pessoas tem blogs de arte no Tumblr.  Você pode pesquisar no Google qualquer nome que você ver no seriado, mas alguns para você começar: Rebecca Sugar, Ian Jones-Quartey, Raven Molisee, Ben Levin, Lamar Abrams.

Steven Universo não ganha pontos apenas pela diversidade, também tem muita credibilidade feminista. Os personagens principais são todas mulheres, exceto pelo Steven, e são as mulheres geralmente que estão fazendo e acontecendo e não os homens.

Também, — e se você não for muito fã de animação, você pode não perceber a grandiosidade disso — todas as personagens femininas tem um tipo de corpo diferente.  Historicamente, personagens masculinos podem ter qualquer forma, gordo, magro, musculoso, palito, baixo, alto, enquanto as mulheres sempre são magras, com formato de ampulheta (testemunhe o horrível Equestria Girls spinoff de My Little Pony.)  Em Steven Universo, Garnet é alta e com curvas; Ametista é baixa, com formato de maçã; Pérola é alta mas magra, e assim em diante.  É maravilhoso como é reconfortante ver mulheres em desenho na mesma variedade de tamanhos e formatos de mulheres reais!

Enfim, quanto ao desenho em si:  Steven Universo é garotinho mágico que vive com as Crystal Gems, super-heroínas do espaço e guardiãs da Terra. Cada Gem tem o nome derivado da pedra preciosa que abriga sua alma e que fornece um corpo humanoide/avatar para as suas almas usarem (e saem caso se danifique muito).

Os Personagens:

Steven Universe, Rebecca Sugar, Zack Calliston, Cartoon Network
Steven Universe

STEVEN UNIVERSO: Ele é metade gem, metade humano. Sua mãe, Rose Quartz, renunciou a sua forma física para cria-lo, então ele nunca a conheceu. Steven é excepcionalmente bondoso e raramente enxerga o mau em alguém. Sua gem (que era anteriormente da Rose) está no seu umbigo.

GARNET: Garnet é a líder das Crystal Gems, e somente fala com propósito. Ela também pode prever o futuro, e é a mais forte das Gems.  Ela é geralmente muito maternal com o Steven. Apesar de ser breve com as palavras, ela nunca está distante. As gems dela estão nas suas palmas das mãos.

PÉROLA: Pérola é a Gem mais próxima de Steven, preenchendo um espaço entre mãe e irmã mais velha para ele. Ela é muito analítica e pode ser levemente condescendente com a Terra. Na verdade, a relação dela com a Terra é… meio que muita coisa para assimilar. A gem dela fica na testa.

pearl, steven universe, deedee magno, cartoon network
Pearl
Amethyst, Steven Universe, Michaela Dietz, Cartoon Network,
Amethyst

AMETISTA: Ametista é a gem mais nova. Uma verdadeira hedonista, ela é a única Gem que escolheu dormir e comer (Pérola acha a sensação de passar comida pelo corpo nojenta). Ela é uma irmã para o Steven, uma que pode ser grosseira com ele, mas ainda sim demonstra grande afeto. Sua gem fica no peito.

GREG UNIVERSE: Greg é o pai de Steven. ele se apaixonou por Rose Quartz, e eles decidiram ter um filho. Greg vive na sua van, é dono de um lava-jato, e é muito bom com música. Apesar de ele ter vergonha do seu single, eu gosto de “Let Me Drive My Van Into Your Heart”.

Greg Universe

 

Connie

OUTROS: Tem Lars e Sadie no Big Rosquinha, tem a família Fryman e a família Pizza, e Creme Azedo e Cebola, e alguns outros, mas na verdade, eu só coloquei isso aqui para que eu pudesse mencionar que o Prefeito Dewey é dublado por Joel Hodgson o apresentador original da série de comédia dublada de Filme B Mystery Science Theater 3000 — que demais.

CINCO EPISÓDIOS PARA CONFERIR:

  • A Mulher Gigante: esse é o primeiro episódio que contém fusões, um processo no qual duas (ou mais) gems podem se tornar uma outra.  Nesse caso, é a Pérola e Ametista que se fundem para se tornarem Opal. A música nesse episódio é particularmente ótima, e é Aimee Mann que dubla Opal. Honestamente, apesar desse episódio ser bom por si só, estou incluindo principalmente para explicar as fusões por causa de um episódio entre os outros da lista que é imperdível. Ei, tô preparando o terreno.
  • Lars e os Descolados:  Um dos charmes de Steven Universo é que leva um tempo para conhecer os amigos não-mágicos do Steven. Nesse episódio, o irritadiço Lars quer fazer do grupo descolado, mas ele precisa da ajuda de Steven para que isso aconteça. O legal é que a história clichê é a de que “Lars e Steven se tornam parte do grupo dos descolados, mas acaba que eles são uns babacas e eles descobrem quem seus amigos de verdade são.” Mas aqui, acontece que os descolados são na verdade… bem descolados. Todo atrito entre eles e Lars vem das próprias inseguranças de Lars. Os descolados, por outro lado, só querem sair, e percebem que quando mais, melhor. É realmente meio que maravilhoso como todos os personagens são bons. Assim como Parks & Recreation, é um momento legal quando você percebe que os personagens parecem gostar um do outro de verdade.
  • Um Beijo Indireto: Esse é ótimo para mostrar a profundidade do desenho. Nesse episódio, Ametista quebra a sua gem — que é o único jeito de uma Gem se machucar de verdade — e precisa de repouso para se curar. O grosso do episódio é Steven e Ametista se aproximando, e nós entendemos mais o caráter dela, que se resume pela fala da Ametista, “Ha ha, você se importa comigo.” Além de ajudar a explicar a Ametista, nós conhecemos bastante sobre a relação de Steven com sua amiga Connie.
  • Juntos e Sozinhos:  Juntos e Sozinhos é um dos MELHORES episódios de Steven Universo e da televisão em geral. Esse é o episódio que você precisa entender sobre fusão antes de assistir. Steven está tentando aprender como se fundir com as outras gems, e ao explicar isso para Connie, os dois se fundem em um lindo ser andrógino, na maior parte humano, sendo chamado de “Stevonnie.” É um ótimo episódio por seus próprios méritos, mas o que ele fala sobre gênero e tolerância é maravilhoso. Enquanto Stevonnie caminha por Beach City, os amigos “deles” (o único pronome que parece apropriado) não reconhecem eles e mesmo assim todos eles se sentem atraídos por Stevonnie; a androginia delæ NÃO é um problema — os outros só veem uma pessoa bonita. Também, Stevonnie acaba lidando com um cara agressivo, bem esquisito — uma ótima lição para as crianças assistindo que elas não tem que aturar esse tipo de comportamento. Acaba sendo um ótimo episódio sobre intimidade, gênero, e relações pessoais em uma série que é cheia de ótimos episódios.
  • Sem Destino:  Em parte, eu amo esse porque é um programa para crianças que faz referências ao quadrinho de terror The Enigma of Amigara Fault, mas tem tanta coisa acontecendo aqui, no que diz respeito à história. Steven e Ametista viajam pela estrada inspirados pelos livros amados pelo Steven No Home Boys — uma série no estilo de Boxcar Children sobre sobre corajosos adolescentes que não tem onde morar. O episódio servindo para explorar o relacionamento de Ametista com a Pérola (que tem sido angustiante para dizer o mínimo), junto com um pouco de explicação de quem as gems realmente são.

Enfim, com esses cinco episódios, você deve estar devidamente preparado para entender a série toda em tempo de assistir ainda o final da maratona dessa semana de #StevenBomb na Sexta! E se esses cinco episódios não fizerem com que você queira assistir mais Steven Universo, então nossa, vá ao médico ou algo do tipo. Algo está errado.


Matt Keeley se vê como um repórter que pensa demais sobre mídias.  Mais de seus devaneios pode ser encontrado em Kittysneezes.com e no Twitter @kittysneezes.